Publicidade Oficial

Publicidade Oficial

terça-feira, 28 de outubro de 2014

RAIMUNDO PIMENTEL IRONIZA MULTA DE 53 MIL QUE TRE-PE APLICA NO BLOG CASA DE ABELHA

Ao saber que o TRE-PE decidiu multar o Blog Casa de Abelha em 53 mil reais a favor da representação executada pela sua esposa Socorro Pimentel por conta da veiculação do resultado de uma urna do Senadinho desfavorável a ela, o ainda deputado estadual Raimundo Pimentel (sem partido) comemorou bastante e ironizou quando o editor do blog Portnalli Chuim mandou uma mensagem pedindo que ele parasse de perseguir os pequenos que só querem trabalhar.


Em tom arrogante, ele respondeu SMS:


“Peça para a sua Chefa pagar, eles devem ter muito dinheiro, basta ver os milhões que gastaram na campanha”.


Diante da notificação do TRE-PE recorremos em prazo legal e continuamos dispostos a lutar contra qualquer repressão à liberdade de expressão vinda de pessoas que se acham acima do Espirito Santo.

A CULPA É DOS NORDESTINOS?



De início já respondo: óbvio que não.
Não ia me pronunciar sobre o resultado das eleições, respeito a vontade da maioria. No entanto, não posso me conter diante de alguns comentários preconceituosos que vi nas redes sociais, com seguinte teor: "parabéns aos eleitores do nordeste que votam no PT e depois vão para SP governado pelo PSDB atrás de uma vida melhor".
Sou Mineiro e há dois anos moro no nordeste (Teresina/PI), terra que adoto como minha, de povo receptivo e caloroso. Mas o que existe aqui (nordeste)? Oito milhões de famílias dependentes dos benefícios do bolsa família.
Os beneficiários do bolsa família são vítimas. São vítimas da administração da pobreza e não do combate à pobreza. Por que ao invés de diminuir o número de dependentes do benefício do bolsa família esse número só cresce? Porque a pobreza está aumentando e não diminuindo. É uma matemática simples e a conclusão só pode ser uma: não há combate à pobreza, há administração da mesma, repito (o pior é que o PSDB sequer administrava a pobreza, olhou para o povo bem menos). Nesse sentido, gostaria de citar uma frase do ex-ministro Joaquim Barbosa: "Hoje estamos assistindo a formação de uma sociedade de viciados pela esmola do Estado, sem o menor estímulo de evoluir para o mercado de trabalho. Se contentando a viver à margem da dignidade humana". E mais uma: "A pior ditadura não é a que aprisiona o homem pela força, mas sim pela fraqueza, fazendo-o refém das próprias necessidades" (autoria desconhecida).
Soma-se a isso a corrupção desenfreada e escancarada que corrói as estruturas da república. Não quero com isso dizer que a direita desse país é santa. O problema é que a esquerda tornou a corrupção algo comum.
Não quero me alongar e volto à pergunta inicial: de quem é a culpa? Certamente não é dos que recebem o bolsa família. São vítimas, repito. A culpa é do intelectual, do letrado, do graduado, do pós-graduado que, mesmo CIENTE de tudo (a veja não mentiu) ainda votou no PT, preferiu a perpetuação do poder à alternância (essencial à democracia). A culpa é sim de quem lê o jornal e cala-se diante de tamanhas falcatruas que a todo momento estampam a capa dos jornais. E mais, a culpa é dos que ocupam cargos em comissão e vendem sua dignidade por mais alguns anos no governo. Lembrem-se meus amigos, o poder é passageiro (quero crer).
Por que o PSDB perdeu? Porque o PT cuidou mais dos menos favorecidos. Mas, infelizmente, exagerou demais na corrupção, não merecia ter ficado. Me disseram que eleitor do PT é igual mulher que apanha do marido: fica com ele porque ele põe comida em casa. Com o PSDB era pior, ele batia na mulher e não colocava comida em casa. Apesar de tudo, a alternância era essencial num momento como esse. Era preciso mudança, alternância, a corrupção vai virar cláusula pétrea se assim continuarmos.
Para arrematar: "triste é a nação que perde a capacidade de se indignar com a corrupção" (autoria desconhecida)
RAPHAEL MIZIARA

Raphael Miziara
Professor
Mestrando em Bioética e Aspectos Jurídicos da Saúde. Pós-Graduado em Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho. Professor em cursos de Graduação e Pós-Graduação em Direito. Membro do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Direito - CONPEDI. Autor de livros e artigos jurídicos. A...

PUBLICIDADE


CLIMA DE “JÁ GANHOU” AS ELEIÇÕES 2016, CONTAGIA ELEITORES DE SOCORRO PIMENTEL


Após Socorro Pimentel (PSL) e seu marido Raimundo vencer as eleições para deputada estadual, conquistando inclusive, mais votos em Araripina e na região do que a principal adversária Roberta Arraes (PSB) esposa do prefeito Alexandre Arraes, alguns eleitores de Socorro se entusiasmaram tanto que já falam que em 2016 não tem pra ninguém, não tem quem tome a eleição para prefeita de Socorro Pimentel.

Alguns apostadores já falam em dar 10 mil votos de diferença contra qualquer que seja o candidato que o grupo do prefeito Alexandre Arraes apresentar.

Esse sentimento é normal em Araripina, sempre que acaba uma eleição, logo começam a pensar e especular a próxima, ou seja, os palanques, para os eleitores mais eufóricos nunca são desmontados. Enquanto isso, Socorro e o marido irão prolongar suas férias e só retornam a Araripina na conveniência da próxima eleição.

PREFEITO ALEXANDRE ARRAES PROMETE FAZER REFORMA ADMINISTRATIVA A PARTIR DE 2015

Após passar o clima eleitoral, o prefeito Alexandre Arraes (PSB) reuniu secretariado para discutir várias pautas de interesse do município, entre elas, a necessidade de fazer uma reforma no corpo administrativo do governo.

Durante a reunião, o prefeito confessou que existem vários desafios para ser enfrentados na atual gestão, mas que não irá cruzar os braços em nenhum momento. Pois seu governo ainda tem 02 anos para fazer as ações necessárias para melhorar a vida das pessoas.

O prefeito garante que tem cumprido com as orientações das instituições fiscalizadoras e a partir do próximo ano irá buscar recursos para executar mais obras e atender demandas que estão na expectativas da população.

DEPUTADO GONZAGA PATRIOTA PRESIDE SESSÃO ORDINÁRIA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) presidiu a Sessão Solene desta terça-feira (28) na Câmara dos Deputados em substituição ao presidente Henrique Alves (PMDB).

Na pauta tinha votações do Plenário, logo após o período eleitoral, diversas propostas apontadas como prioritárias pelos líderes partidários. Entre os itens votados estão o fim da contribuição previdenciária de inativos; e a jornada de trabalho de 30 horas semanais para enfermeiros.

MENSAGEM DO PREFEITO ALEXANDRE ARRAES AOS SERVIDORES PÚBLICOS


DERROTADO, AÉCIO NEVES É OPÇÃO PARA 2018


Derrotado nas urnas neste domingo, o senador Aécio Neves (PSDB) precisa agora reconquistar sua liderança em Minas Geraise pode se manter como possibilidade para 2018, de acordo com especialistas ouvidos por EXAME.com. Aécio volta para seu mandato no Senado.
“Aécio se mostrou ao longo dos anos uma excelente liderança regional. Acho que a tendência seria ele voltar para Minas Gerais, mantendo um pé no cenário nacional”, afirma o cientista político José Augusto Guilhon Albuquerque.
O senador viu sua influência entre os mineiros diminuir nessas eleições. Seu candidato ao governo do estado, Pimenta da Veiga (PSDB), foi derrotado pelo petista Fernando Pimentel ainda no primeiro turno. 
Na corrida presidencial, Dilma Rousseff (PT) também recebeu mais votos que Aécio em Minas Gerais no primeiro turno (41,59% a 33,55%) e no segundo turno (52,4% contra 47,6%).
Sobre a próxima disputa para a presidência, o cientista político Albuquerque diz que ainda é cedo para saber se o mineiro continua como candidato: “Ele poderia ser o candidato do PSDB em 2018, mas será que ele vai querer?”, questiona.
Para o cientista político Humberto Dantas, o nome do PSDB para 2018 depende ainda das estratégias do partido. “O PSDB pensa de forma muito pragmática o nome do candidato à presidência. Não existe uma insistência num nome específico, como existiu no PT com o Lula”, afirma.
Ele explica: “Os tucanos colocam no cálculo a manutenção de pontos estratégicos, como o governo do estado de São Paulo”.


PSB LOCAL PROMOVE REUNIÃO PARA RECONDUZIR SILENO GUEDES AO COMANDO DO PARTIDO


Encerrada a eleição do segundo turno, o diretório PSB de Pernambuco se reúne nesta terça-feira (28) para reconduzir o presidente estadual do partido, Sileno Guedes, ao cargo. O encontro será às 20h, no Recife Praia Hotel, em Boa Viagem. No novo mandato, o socialista terá questão polêmicas para discutir com os integrantes da legenda, a exemplo do posicionamento da vereadora do Recife Marília Arraes (PSB), que não acompanhou a decisão do partido nas disputas local e nacional. 

Na campanha para o governo do estado, Marília não votou no candidato do PSB, Paulo Câmara. Ela optou por apoiar o candidato do PTB, Armando Monteiro Neto e à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). A vereadora discordou do projeto do partido de lançar candidatura própria, com o ex-governador Eduardo Campos, seu primo, e da decisão do PSB de deixar a base do governo federal. 

“A gente vai fazer uma discussão mais ampla sobre esse caso e de outros integrantes do partido. Vamos fazer reuniões para analisar as comissões provisórias no municípios com deputados e prefeitos e aí vamos conversar sobre essas questões”, disse Sileno. Em relação ao resultado da eleição presidencial em Pernambuco, o socialista ressaltou essa avaliação vai acontecer no âmbito do diretório nacional. 

“O que aconteceu no estado foi um reflexo do que aconteceu em todo Nordeste. Podemos dizer que em Pernambuco, o eleito reconheceu o legado de Eduardo Campos ao eleger Paulo Câmara e no Nordeste reconheceu o legado do ex-presidente Lula e votou em Dilma”, disse referindo-se a derrota do senador Aécio Neves (PSDB) no estado. 

No próximo mandato, Sileno Guedes contará com três novos nomes no comando do partido: João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos, na Secretaria de Organização; o deputado estadual Isaltino Nascimento (PSB), na Secretaria de Movimentos Sociais e o secretário de Agricultura, Aldo Santos, na Secretaria de Mobilização Rural. “A ideia é manter a mesma base política do partido”, observou o socialista.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

ARARIPINA INVESTE NO ESPORTE E EDUCAÇÃO COM O PROGRAMA ATLETA NAS ESCOLAS

Cerca de 52 escolas da rede municipal de ensino de Araripina participaram durante esta semana da realização da 1ª Etapa Esportiva Escolar. As provas fazem parte do programa "Atleta na Escola", que disponibiliza várias modalidades para serem executadas ao exemplo de salto a distancia, corrida de resistência, velocidade, entre outras.

O programa é uma proposta da Prefeitura de Araripina, Secretaria de Educação do município através do Governo Federal. Uma parceria que tem o objetivo a democratização do acesso ao esporte, o incentivo da prática esportiva na escola e a identificação e orientação dos talentos escolares.

ASCOM - ARARIPINA

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

PUBLICIDADE


ADVOGADA É PRESA EM FLAGRANTE AO "LEVAR" DROGAS PARA CLIENTES NA PRISÃO

A advogada Rosileine Ramires Machado foi presa em flagrante por tráfico de drogas na tarde de ontem em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. Ela é acusada de levar maconha e cocaína para dois clientes que cumprem pena na Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa).
De acordo com o flagrante feito pela delegada Magali Pascoal Cordeiro, no 1º Distrito Policial, Rosileine foi ao presídio para conversar com Valdeir de Souza, 32 anos, condenado por latrocínio (roubo seguido de morte) e com Renato Ferreira Vieira, 31, preso por homicídio.
Os internos teriam sido revistados antes de entrarem na sala para conversar com a advogada, um procedimento corriqueiro, segundo a direção da Phac. Quando saíram da sala foram novamente revistados e os agentes teriam encontrado 60 gramas de maconha e 50 gramas de cocaína com Valdeir de Souza.
A advogada e os dois internos foram levados à delegacia e autuados em flagrante. Os clientes de Rosileine negaram que ela tenha levado a droga, mas os agentes reforçam que eles não estavam com o entorpecente antes de entrarem na sala com a advogada. Valdeir e Renato voltaram para a penitenciária e advogada foi levada para o presídio semiaberto feminino de Dourados. Ela afirmou que está sendo vítima de uma armação.
Danielli Xavier Freitas
Advogada
OAB/MS 17.159-B. Membro da Comissão dos Advogados Trabalhistas da OAB/MS. Membro da Comissão de Advogados Criminalistas da OAB/MS. Membro da Comissão de Assuntos Tributários da OAB/MS 

ESTIAGEM X HORÁRIO DE VERÃO: SOLUÇÕES PARA O CONSUMO RACIONAL DE ÁGUA


O horário de verão foi criado pelo Governo há alguns anos para diminuir o consumo de energia elétrica no País devido ao maior período do dia sob exposição do sol e à tendência das pessoas utilizarem mais ventiladores e ar-condicionado, o que aumenta o consumo de energia. Porém, a estiagem que atinge diversas regiões do Brasil fará com que a economia de energia, desta vez, seja menor do que ano passado. Isso deve acontecer porque com os reservatórios das hidrelétricas em baixa, foram acionadas mais usinas termelétricas, fonte de energia mais cara e poluente. No ano passado o Governo calculou uma economia de R$405 milhões e a expectativa para este ano é de R$278 milhões.

AINDA HÁ TEMPO?


Desta vez, o período do horário de verão terá sete dias a mais do que ano passado, começando a partir de sábado, 19 de outubro, e indo até 22 de fevereiro de 2015, após o Carnaval. As hidrelétricas operam em ritmo menor devido à estiagem e por isso as termelétricas passaram a funcionar. Já enfrentamos falta de água em diversas regiões do País e não podemos mais esperar que os governantes tomem iniciativas para acabar com o problema. Devemos começar por nós mesmos, com atitudes em casa e no trabalho que visem à redução no consumo de água.