Informe Publicitário

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

DISPUTAS NAS BASES ELEITORAIS NÃO IMPEDEM O VOTO EM PROJETOS QUE SEJAM PARA O BEM DO POVO, GARANTEM EVILÁSIO E FRANCISCO EDIVALDO

Adversários ferrenhos no campo político partidário, e principalmente nas bases eleitorais como no distrito de Lagoa do Barro, o vereador presidente da Câmara Evilásio Mateus (PSL) que compõe a bancada de situação e Francisco Edivaldo (PSB) da bancada de oposição, usaram a tribuna do plenário da Casa Joaquim Pereira Lima na ultima quinta-feira (23) antes do feriado de Carnaval para dar um belo exemplo, principalmente para os recém chegados à Câmara, sobre a verdadeira função do Legislador que realmente representa os interesses do povo, independente do grupo político que faça parte.

Elogiado inclusive por vereadores da oposição pela forma democrática e transparente que vem conduzindo a presidência da Câmara de Araripina, o vereador presidente Evilásio usou a tribuna para relembrar a rivalidade histórica no campo político partidário que trava com o vereador Edivaldo. "Quando eu estava na oposição, Edivaldo estava na situação, agora sou situação e ele oposição. Mas isso nunca foi empecilho para apoiarmos sempre em primeiro lugar o que for para o bem e desenvolvimento de Araripina." Relembrou Evilásio.
Por sua vez na tribuna, o vereador Francisco Edivaldo que atualmente faz parte da bancada de oposição ao prefeito Raimundo Pimentel (PSL), garantiu que está atento a tudo que for de interesse do povo de Araripina. "Aquilo que for para o bem da população, não teremos nenhuma dificuldade de votar favoravelmente, mas o que for de vontade de partido ou grupo político, não terá apoio da bancada de oposição." finalizou Edivaldo.

Dessa forma, os experientes vereadores Evilásio e Edivaldo deram um exemplo de comportamento de um parlamentar que realmente representa a vontade da população, independente do lado político ou grupo que faz parte. Quem ganha com isso sempre será a população.

DA REDAÇÃO

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

ESSE PAPA É POP: PAPA SUGERE QUE É 'MELHOR SER ATEU DO QUE CATÓLICO HIPÓCRITA'

O papa Francisco criticou novamente alguns membros da sua própria Igreja nesta quinta-feira, sugerindo que é melhor ser ateu do que um dos "muitos" católicos que levam o que disse ser uma vida dupla e hipócrita.

Em comentários improvisados em sermão de missa privada matinal em sua residência, ele disse: "é um escândalo dizer uma coisa e fazer outra. Isto é uma vida dupla".

"Existem aqueles que dizem 'sou muito católico, sempre vou à missa, pertenço a isto e a esta associação", disse o chefe da Igreja Católica Romana, que tem cerca de 1,2 bilhão de membros, de acordo com transcrição da Rádio Vaticano.

Ele disse que algumas destas pessoas também devem dizer "minha vida não é cristã, eu não pago aos meus funcionários salários apropriados, eu exploro pessoas, eu faço negócios sujos, eu lavo dinheiro, (eu levo) uma vida dupla".

"Há muitos católicos que são assim e eles causam escândalos", disse. "Quantas vezes todos ouvimos pessoas dizerem 'se esta pessoa é católica, é melhor ser ateu'".

Desde sua eleição em 2013, Francisco disse frequentemente a católicos, tanto padres quanto membros não ordenados, para praticaram o que a religião prega.

Em seus frequentes sermões improvisados, ele já condenou abuso sexual de crianças por padres como sendo equivalente a uma "missa satânica", disse que católicos na máfia se excomungam, e disse a seus próprios cardeais para não agirem como se fossem "príncipes".

Em menos de dois meses após sua eleição, ele disse que os cristãos devem ver ateus como pessoas boas caso eles sejam boas pessoas.


(Reportagem de Philip Pullella)

CÂMARA APROVA TORNAR CRIME DIVULGAÇÃO DE FOTO OU VÍDEO DE NUDEZ SEM AUTORIZAÇÃO

Regra também vale para vídeos e para divulgação de ato sexual de caráter privado.


A Câmara dos Deputados aprovou na ultima terça-feira (21) um projeto que torna crime o ato de divulgar fotos ou vídeos, sem autorização, com cenas de nudez ou de ato sexual de caráter privado de outra pessoa, atitude é conhecida como "vingança virtual". O texto segue para análise do Senado.

Atualmente, quando isso acontece, o ato pode ser configurado como crime de injúria ou difamação. Se a mudança na legislação for aprovada pelo Senado e sancionada pelo presidente Michel Temer, passará a ser um crime específico.

A proposta aprovada pelos deputados altera a Lei Maria da Penha e reconhece que a violação da intimidade da mulher consiste em uma das formas de violência doméstica e familiar.

O projeto inclui a divulgação, por meio da internet ou outro meio, de dados pessoais, vídeos, áudios, montagens e fotos "obtidos no âmbito das relações domésticas, de coabitação ou hospitalidade".

Código Penal
O texto aprovado pela Câmara também modifica o Código Penal para prever pena de prisão de três meses a um ano, além de multa, para a exposição pública da intimidade sexual.

A pena ainda pode aumentada, entre um terço e metade, se o crime for cometido por motivo torpe ou contra pessoa com deficiência.

A Lei Maria da Penha se refere somente às mulheres, mas, como a proposta prevê mudanças no Código Penal, o projeto, se aprovado também valerá para homens.

Fonte: G1

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

REFLEXOS DA CRISE E MÁ GESTÃO CRIA EFEITO DOMINÓ E ATINGE O SETOR GESSEIRO FECHANDO EMPRESAS E QUEBRANDO EMPRESÁRIOS

Imagem Ilustrativa

ARARIPE Muitas empresas estão fechando sob efeito dominó. São os reflexos da retração na construção civil
Muitas empresas do Araripe estão reduzindo a produção, demitindo funcionários e algumas até fechando as portas. “A crise é avassaladora e está ligada à inércia da construção civil. O polo gesseiro está falindo. Temos casos de empresas que reduziram a produção em 60%”, conta o diretor do escritório da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe) no Araripe, Meton Carvalho.
Quase 100% das empresas do polo gesseiro do Araripe têm na construção civil o seu principal cliente. “A minha ideia é vender ou fechar a fábrica, porque não há mais condições de produzir”, diz o administrador da Marília Gesso, Ezequiel Araújo de Andrade. A planta fica em Araripina e reduziu em 60% a sua produção. Já chegou a empregar 35 pessoas, das quais 12 continuam trabalhando.
A diminuição da produção fez os custos da empresa se tornarem maiores do que o preço da venda do produto, de acordo com Ezequiel. Ou seja, a empresa perdeu escala. A companhia produzia principalmente para a construção civil e o mesmo grupo possui outra empresa em São Paulo que aplica gesso nos imóveis em construção. “Atualmente, é mais vantagem comprar gesso de outro produtor em São Paulo do que continuar produzindo no Araripe”, resume Ezequiel. A empresa começou a operar em 2012 depois de um investimento de R$ 6 milhões.
A empresa pernambucana Gesso Cristal registrou queda de 9% e 8% no volume de vendas, respectivamente, em 2015 e 2016. O recuo na receita fez a empresa reduzir em 17% o seu quadro de pessoal que saiu de 36 funcionários para 30. A empresa produz gesso para revestimento. “Reduzimos uma turma que trabalhava no fim de semana. Agora, a fábrica fica parada aos sábados e domingos”, afirma o diretor da companhia, Rinaldo Lucena.
No Araripe, tanto o número de empresas como o de empregos aumentou nos anos de 2011 e 2012. Nos anos recentes, 2010 foi o de maior crescimento na história do Brasil e do Estado, puxado principalmente pela boa performance da construção civil. A partir de 2013, o setor gesseiro parou de crescer e as quedas ocorreram nos últimos dois anos.
Em 2016 a crise fez a indústria de produção de mineral não metálico do Sertão do Araripe terminar com um saldo negativo de 478 empregos a menos do que o ano anterior, segundo números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego. Na atividade extrativa (a retirada do gesso do solo) foram 107 vagas a menos na mesma comparação. A quantidade de empresas que fazem a produção de gesso também diminuiu segundo a Fiepe. Em 2012, 351 atuavam nesse setor no Araripe. No fim de 2015, eram 311.
Fonte: Jornal do Commercio (Editoria Economia)

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

CÂMARA DOS DEPUTADOS CONFIRMA PROTOCOLO DA CARTA DE ADESÃO DA CÂMARA DE ARARIPINA A REDE LEGISLATIVA DE RÁDIOS



Exclusiva

Na tarde desta terça-feira (21) a Câmara de Vereadores de Araripina, recebeu a confirmação do protocolo da Carta de Adesão a Rede Legislativa de Rádio.

Com a confirmação desse primeiro passo, o vereador presidente da Câmara de Araripina Evilásio Mateus (PSL) agora irá iniciar o projeto técnico conforme as orientações da Rede Legislativa que também disponibilizou um número de processo para que seja acompanhado os andamentos na Anatel e Ministério das Comunicações.


O objetivo da Rede é incentivar as casas legislativas a montarem suas próprias emissoras de rádio e tv, com sinal aberto e gratuito, e universalizar o acesso às programações. Isso é possível porque a Câmara federal compartilha seus canais com os parceiros e divide custos e responsabilidades.
Assim, todos podem transmitir as sessões de plenário, o trabalho das comissões, as audiências públicas e programas de interesse público de forma direta e transparente. 

DA REDAÇÃO

PRESIDENTE DA UNIÃO DOS VEREADORES DE PERNAMBUCO JOSINALDO BARBOSA PROMOVE ENCONTRO REGIONAL EM OURICURI E PEDE VOTOS PARA SUA REELEIÇÃO

Presidente da UVP Josinaldo Barbosa, vereador presidente da Câmara de Araripina Evilásio Mateus e o vereador Ubirajara de Trindade

O atual presidente da União dos Vereadores de Pernambuco - UVP Josinaldo Barbosa esteve no ultimo domingo (19) na cidade de Ouricuri onde aconteceu uma grande reunião e jantar com vários presidentes de Câmaras e vereadores da região do Araripe. O objetivo do evento foi fortalecer a sua candidatura a reeleição para presidente da UVP.


O presidente da Câmara de Araripina Evilásio Mateus (PSL) esteve presente juntamente com os vereadores Roseilton Oliveira (PTC), Mazinho de Zeca (PRTB), Tico de Roberto (PRB) e Luciano Capitão (PMDB). Todos confirmaram o alinhamento com Josinaldo para lhe conduzir a vitória na reeleição para presidente da UVP.


Josinaldo disse que quando chegou na sede da UVP em Recife toda a instalação estava comprometida e os vereadores do interior não tinha a assistência merecida quando chegavam na capital. Mas agora a situação é bem diferente, pois disposto a fazer a instituição funcionar para melhorar os trabalhos dos parlamentares, Josinaldo aplicou os recursos disponíveis para efetivamente oferecer mais qualidade nos serviços e o atendimento aos vereadores de todo estado.

"estamos consciente que muito ainda tem que melhorar, mas com mais um mandato certamente iremos proporcionar maiores avanços e condições para que todo vereador do nosso estado tenha as ferramentas para desempenhar bem a sua legislatura." Finalizou Josinaldo.

DA REDAÇÃO 
Fotos Sandro Tivinanet

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

FLÁVIO LEANDRO FARÁ O LANÇAMENTO DO SEU DVD EM ARARIPINA DIA 11 DE MARÇO

Boa notícia para quem estava com saudade do autêntico forró pé-de-serra: a temporada de forró em Araripina começa oficialmente no dia 11 de março no aconchego dos artistas  (bar de Robinho), será o palco do lançamento do DVD Flávio Leandro Frutificando.

Os forrozeiros Flávio Leandro e Jorge do Acordeon, farão uma apresentação exclusiva, no 1° Forró do Ano num projeto que já é aclamado pela mídia e fãs da região do Araripe.

Compositor de inspiração nordestina, Flávio Leandro é de Bodocó - PE e é presença obrigatória nos maiores festejos juninos do Brasil como Campina Grande, Caruaru, Petrolina, Senhor do Bonfim e, claro, o São João de Araripina.

Ingressos LIMITADOS. Garanta já o seu lugar neste que será, um dos melhores eventos do ano em Araripina.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

HORÁRIO DE VERÃO TERMINA NESTE DOMINGO (19)


horário de verão acaba neste domingo (19), a partir da 0h, quando os relógios devem ser atrasados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A medida, em vigor desde outubro, tem como objetivo aproveitar melhor a luz solar durante o período do verão, além de estimular o uso consciente da energia elétrica.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

DEPOIS DE CAMPANHA SOLIDÁRIA ENTRE AMIGOS, CHICO BONGA RECEBE ASSISTÊNCIA E TRATAMENTO MÉDICO

Francisco de Assis Filho, conhecido popularmente em Araripina e região como Chico Bonga, está bastante frágil fisicamente, mas graças aos corações generosos de muitos araripinenses ele tem recebido atenção, carinho e tratamento médico.
Através de Tarcísio da Oriente, chegou até nossa Redação que o mesmo estava precisando de uma campanha solidária para suprir com necessidades básicas e tratamento médico contra uma cegueira muito avançada. Prontamente nos colocamos a disposição para buscar ajuda e diminuir as dificuldades enfrentadas por Bonga.



Graças a Deus primeiramente que tocou o coração de pessoas como o Dr. Francisco Eudes e Dr Alfredo Andrade que se ofereceram a estrutura da sua clinica para atender e cuidar de Bonga voluntariamente. Que Deus proteja e guarde todos que tiraram um pouco do que é seu para doar a quem realmente precisa.

A campanha continua e quem puder colaborar com Bonga é só entrar em contato com os contatos abaixo:

Contatos para doações: 
Tarcísio (87) 99195.7222
Júnior    (87) 99130.3040
Carol      (87) 99155.4453   

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

É PRA CAIR O PELO: PETROBRAS VENDE GASOLINA MAIS BARATA E DE MELHOR QUALIDADE PARA A BOLÍVIA, ENQUANTO A MAIS CARA COM MENOS QUALIDADE É VENDIDA NO BRASIL

Tem coisas que são muito difíceis de entender. Como pode um País como o Brasil, que por anos perdeu dinheiro com a importação de gasolina, vender a produção do derivado mais barato aos clientes estrangeiros do que aos brasileiros? Pois é justamente o que tem acontecido em Goiás, no centro de distribuição da Petrobrás em Senador Canedo, onde o litro do combustível sai a R$ 1,59 para os bolivianos, como mostra o documento obtido pelo Petronotícias, enquanto que para os postos de gasolina da região sai a R$ 3,39. Ou seja, mais do que o dobro.
O documento é uma nota fiscal de venda para a exportação de 62.164 litros de gasolina, a um preço total de R$ 99.038,76, o que resulta no valor de R$ 1,59 por litro para a estatal boliviana YPFB, que importa o produto da Petrobrás.
Apesar do disparate, neste caso não é uma decisão da estatal brasileira de favorecer os estrangeiros, mas sim fruto da forma como a legislação trata a venda do combustível no mercado doméstico em comparação com a venda para exportação, como explica a própria petroleira nacional:
“A Petrobrás possui um contrato vigente para a comercialização de gasolina com a empresa boliviana YPFB. Os preços médios de exportação para a Bolívia estão alinhados ao preço da venda no mercado interno em Senador Canedo, sem tributos. Cumpre destacar que não há incidência de tributos na exportação de derivados, portanto não cabe a comparação entre os preços de exportação e de venda no mercado interno. A YPFB arca com os custos logísticos para transportar o produto até o destino, bem como os eventuais custos e impostos para nacionalização dos produtos na Bolívia”.
Os empresários donos de postos na região reclamam que, além disso, a gasolina vendida para eles inclui 27% de etanol anidro, o que torna o produto menos nobre, mesmo que seguindo diretrizes legais do Brasil.
O resultado dessa política míope é um desprestígio aos empresários e consumidores brasileiros, que pagam mais que os bolivianos por um produto fabricado em nosso próprio território. É a continuidade do excesso de tributos e burocracia nacional, responsáveis por grande parte dos entraves ao desenvolvimento do País.
De acordo com a Petrobrás, na composição do preço final, a “realização” da estatal corresponde a apenas 30% do valor pago pelos consumidores, enquanto 39% são relativos a impostos somados (29% de ICMS + 10% de CIDE, PIS/PASEP e COFINS), além do custo de 14% com o etanol anidro e 17% referentes a custos de distribuição e revenda.
Somando todas essas parcelas, o valor médio da gasolina nos postos brasileiros gira em torno de R$ 3,75, segundo dados da ANP para o período de 5 a 11 de fevereiro, sendo que em alguns lugares do País esse preço pode atingir até R$ 4,79. Quando se fala do preço nas distribuidoras, os preços apurados pelo órgão regulador variaram de R$ 2,59 a R$ 3,87 ao redor do Brasil, situando a região de Senador Canedo num ponto intermediário da análise, que levou em conta 5.679 postos.
As consequências disso são os custos elevados para os bolsos dos cidadãos brasileiros, que, mesmo na época do congelamento dos preços feito de forma artificial por gestões anteriores da Petrobrás, sempre acabam pagando mais do que os consumidores de muitos outros países.
Além disso, é um prêmio para o país que tomou à força as refinarias da Petrobrás, entre 2006 e 2007, depois de a estatal brasileira ter investido bilhões de reais na Bolívia. E isso tudo com o aval do então presidente Lula, que já confessou em discurso público (veja no vídeo clicando qui) ter adotado uma postura de “respeito à soberania” boliviana no caso, dando a anuência prévia para o governo de Evo Morales seguir adiante com a nacionalização das instalações brasileiras na Bolívia.
Veja abaixo a nota fiscal de venda da gasolina da Petrobrás para a YPFB:

Fonte: PetroNotícias

GRANDE MUTIRÃO DA SAÚDE


CREA-PE E UNIMED FIRMAM PARCERIA PARA VIABILIZAR PLANOS DE SAÚDE E ODONTOLÓGICOS AOS PROFISSIONAIS E SEUS FAMILIARES

Presidente do CREA-PE Evandro Alencar no ato da assinatura do Termo de Cooperação
Na manhã da ultima terça-feira (14), foi firmado um Termo de Cooperação Técnica entre o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE) e a Unimed Recife, que possibilitará aos profissionais de nível superior e médio contratar os serviços médicos com condições especiais.
A parceria garantirá, aos profissionais registrados no CREA-PE, em situação de regularidade comprovada por meio da apresentação de Certidão de Registro e Quitação (CRQ), a possibilidade de contratar planos de saúde e odontológico, inclusive para familiares de parentesco consanguíneo até terceiro grau, de parentesco por afinidade até segundo grau, cônjuge ou companheiro.